quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Comil encerra produção e demite funcionários na fábrica de Lorena, SP

(Foto: André Bias/TV Vanguarda)
Fabricante de ônibus atribui fechamento da unidade à crise econômica.
Empresa vai manter atividades na planta de Erechim (RS).
A fabricante de ônibus Comil, fabricante de ônibus em Lorena (SP), encerrou a produção nesta quinta-feira (28) e demitiu os trabalhadores. Segundo a empresa, a decisão é resultado da crise econômica que atinge o país.
De acordo com a empresa, todos os direitos trabalhistas dos dispensados serão quitados. A estimativa é que o corte tenha afetado 200 trabalhadores.
Parcela dos funcionários serão mantidos para realizar as atividades de transição e conservação do patrimônio - o número também não foi informado.
Por meio de sua página em uma rede social, a Prefeitura de Lorena informou que todos os incentivos fiscais permitidos por lei foram aplicados, assim como todas as medidas que poderiam ser adotadas pela prefeitura, para auxiliar a empresa e evitar que se chegasse ao extremo do fechamento.
Em seu comunicado, a companhia disse que manterá suas atividades na planta de Erechim (RS), que atualmente conta com capacidade de produção de 4 mil ônibus por ano. A empresa funcionava em Lorena há dois anos.
O Sindicato dos Metalurgicos de Lorena, que representa a categoria, foi procurado pelo G1, mas não comentou o assunto até a publicação desta reportagem.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...